À Segunda Vista

À Primeira Vista

11
Estou criando esse blog não para parecer um intelectualzinho como muitos pensam, muito menos para me auto-promover. Criei esse blog justamente para tentar quebrar a maldição da qual eu sofro: ser odiado à primeira vista.

Sim, parece estranho, mas vou resumir basicamente o que acontece comigo:

As pessoas...
  1. me olham;
  2. não falam comigo;
  3. (a) imaginam como é o meu caráter (ou pelo modo como me visto, ou pelo meu silêncio ou ainda por nenhuma razão) - e não venha me dizer que com você é diferente porque não é!
    (b) concluem que eu tenho um péssimo caráter. - isso depois de me analisar bastante!
  4. falam comigo por acaso ou pela necessidade que uma situação impõe;
  5. têm uma certa aproximação inesperada;
  6. acabam conversando comigo (o que é diferente de simplesmente falar comigo);
  7. simpatizam-se aos pouquinhos comigo;
  8. acham que podem ter se enganado;
  9. são conquistadas por mim, uma a uma, de um jeito diferente e personalizado - descubra o seu ;)
  10. querem ser meus amigos de verdade (nem todos conseguiram isso).
Essas pessoas são garotas e rapazes que passam pela minha vida, em todos os lugares, em todos os momentos.

Por isso, estou aqui para justamente dar a elas a oportunidade de me conhecer um pouco melhor. Digamos que enquanto ela estiver entre a opção 3a e 3b. Assim, evito de ter pessoas hostis comigo, sem motivo aparente.


Você deve estar pensando: "Nossa, como ele é dramático" ou "Isso é relativo, não deve ser SEMPRE assim, ele está exagerando..."

Bem, isso faz parte do estágio 3a, onde você vê principalmente os meus defeitos. Por falar nisso, você conseguiu ver alguma qualidade até agora? Pois é... eu não disse nem um 'Olá' no início desse primeiro post.

Outros exemplos: Ele é arrogante, narcisista, metido, folgado, se paga um monte, é quieto, anti-social, sem-graça, um ponto de interrogação, um enigma (essa eu ouvi hoje), um chato, etc...

Eu podia ficar aqui e dar milhões de depoimentos sobre pessoas que tiveram esse tipo de experiência comigo, mas vou poupar vocês disso agora e deixar que vivenciem a sua própria.

Bem, enjoy me!